A Maternidade

Na maior parte dos dias a maternidade doí-me!!!

Não foram só as dores do parto!

Não foi só o desconforto da gravidez, ou as noites infinitas sem dormir…

Doí-me o dia a dia!

Doí-me perceber que não consigo ser perfeita, como achei que seria.

Doí-me não ter a paciência que um dia pensei que teria.

Doí-me estar exausta e muitas vezes só ter vontade de fugir.

Doem-me as birras, os gritos, as iras,

As deles e as minhas ….

A maternidade doí-me na maior parte dos dias.

Doí-me querer dar mais de mim e simplesmente não conseguir mais …

Doí-me olhar p as redes e ver tantas mães perfeitas, com filhos perfeitos, em fotos perfeitas,

Por isso desisti!

Desisti de ser perfeita, de querer filhos perfeitos, de ter uma vida perfeita.

Agora sou só eu e eles!

imperfeitos, incompletos, loucos…

Os meus filhos fazer barulho, gritamos uns com os outros, perdemos a paciência, rimos alto, andamos muitas vezes sujos e despenteados, não temos fotos perfeitas!

Um instante amamo-nos, no outro queremos jogar-nos uns aos outros pela janela…

Não será esta a perfeição de AMAR????

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado.